Vocês lembram que lá no primeiro post do blog eu falo que, quem quer morar sozinho, precisa estar preparado psicologicamente para enfrentar esse novo desafio? Pois é, a Bárbara Savazzoni, publicitária, redatora nata, passou por todos os questionamentos do mundo antes de tomar essa decisão. E hoje, ela conta pra gente cinco conclusões que ela tirou de toda essa aventura do bem.

Vai que é tua, Bah!

“No dia em que eu saí de casa…” pensei: FERROU. A empolgação inicial do “agora tenho o meu canto” também trouxe o desespero de viver sem minha família: como vou ficar diariamente sem a comidinha de mãe? Quem vai controlar minha bagunça? Quem vai matar os bichos assustadores que possivelmente aparecerão? Como lidar com as contas? Eram tantas dúvidas para a minha realidade: aos 18 anos eu já teria enxoval de uma casa só minha.

Quase D-E-Z anos se passaram, já morei sozinha em 3 diferentes apartamentos, apelidados sempre estrategicamente de Muquifo, e posso dar essas conclusões que um dia te farão algum sentido (ou não).

01) Você vai descobrir que sua mãe é a “louca dos tapoueres”, elas sabem exatamente quais são e faltam, portanto mantenha o controle quando levar aquela marmitinha esperta.

02) Tenha o kit de sobrevivência dos desprovidos de dotes culinários: nuggets, salsicha, miojo, club social e lasanha de microondas.

03) Fique sempre amiga do porteiro, ele será a ajudinha extra pra matar aquela barata medonha quando o seu namorado não estiver em casa.

04) Lave edredons, lençóis e toalhas com o amaciante mais cheiroso, essa é a sensação mais exata de aconchego numa casa.

05) Não jogue papel higiênico na privada ou você conhecerá o tal “Diabo Verde”, nada agradável.

Morar sozinha é se conhecer da maneira mais completa. Ter uma chave só sua, contas enderaçadas com o seu nome, ver um infinito de coisas legais e já imaginar na parede, cômoda, estante ou pensar em cada detalhe de um cantinho só seu, mostram a evolução de um momento da vida chamado HOME SWEET HOME.

13873_10201020413406533_2135558175_n

Posted by:Giovanna Delfini

Jornalista, gaúcha, gremista, curiosa, teimosa, exagerada.

3 replies on “As aventuras de Bah – as 5 descobertas de quem mora sozinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s