Ex-cadeira de rua ganha uma reforma feliz

Ela estava ali, abandonada em uma esquina, se sentindo sozinha, empoeirada e destruída, até que encontrou uma pessoa disposta a dar uma nova vida à ela. Essa pessoa sou eu e a felizarda que ganhou uma nova vida foi essa cadeira aqui:
IMG_2294

Gente, nem pisquei. Coloquei a cadeira do carro e vim correndo pra casa. A pintura até que estava ok, com algumas pequenas falhas, mas o estofado estava todo furado, rasgado, em péssimo estado. Até poderia apenas ter trocado o assento e o encosto, mas decidi mudar tudinho. Já que é vida nova, que seja vida nova MESMO.

Comecei a reforma retirando o encosto e o assento e lixei para tirar o excesso da tinta da estrutura (usei uma lixa bem fininha, que não agride tanto o ferro e ainda deixa a superfície bem lisinha).

Depois de bem lixada, passei um pano com álcool para tirar o pó e dei duas demãos de tinta spray para metal. Mesmo a marca que comprei sendo de secagem ultra rápida, esperei uma meia hora entre uma demão e outra. Lembre-se sempre: a tinta spray é mais complicadinha de aplicar. Mantenha a distância de uns 30cm da lata para o objeto a ser pintado, senão acumula tinta e escorre. Além disso, use sempre uma luva e uma máscara para proteger o nariz e a boca.
IMG_2326

Enquanto isso, parti para a forração. Como a cadeira servirá mais para decoração do que para assento (eu também não tinha achado espuma fina nas estofarias), usei dois pedaços de manta acrílica e usei um grampeador de madeira para fixar o tecido.

Quando o projeto vai chegando ao fim, e a gente vê que saiu tudo perfeitamente como pensamos, dá aquela sensação linda de dever cumprido. Parafusei o assento e o encosto de volta e fiquei uns dois minutos olhando para o resultado. Olha como ficou:

IMG_2408

E aí, gostaram? ❤

Anúncios