Um dos itens mais difíceis de escolher na decoração da casa é o tapete. Isso porque além de ser sempre mais caro do que a gente imagina, ele dá trabalho para manter limpo e ainda deve ser muito bem pensado. Ainda mais quando a intenção é fugir das cores neutras e optar por estilos coloridos e estampados.

Se você está muito bem decidida que quer porque quer um tapete colorido pra sua casa, mas não sabe como escolher um, aqui vão algumas dicas que vão te ajudar na escolha (ou fazer você repensar na ideia).

  • O tapete faz parte da decoração de todo o ambiente. Parece óbvio, mas é bom lembrar que, por mais que você tenha amado aquele vermelho de poás brancos, ele deve combinar com o estilo e a gama de cores  que você escolheu para o cômodo (ele deve combinar pelo menos com algum objeto). Senão, a chance de arrependimento ou de você enjoar fácil do pobre coitado vai ser bem grande;
  • Caso você queira realmente despadronizar e não quiser que combine exatamente com as gamas de cores da sua sala, por exemplo, ok. O tapete pode cumprir esse papel de destaque principal, principalmente se o cômodo for monocromático (a primeira foto aqui abaixo mostra bem isso).
  • Pense no local onde ele será colocado: quanto maior o tráfego de pessoas por ele, maior é a tendência de manchas e sujeiras. Por isso, é bom pensar em tons mais escuros de menor espessura pra facilitar a limpeza;
  • O ambiente é muito pequeno e você quer que ele pareça maior? Use cores mais leves. Já se o cômodo for grande e você quer dar um toquezinho de aconchego, pode apostar em tons mais escuros e vibrantes;
  • A iluminação do cômodo também é importante. Se ele for muito escuro, tende a escurecer também a cor do tapete, fazendo com que ele sempre pareça ser alguns tons acima do que ele realmente é;
  • Lembre-se sempre: cores quentes energizam. Cores frias, acalmam.

Imagens: Pinterest.

Posted by:Giovanna Delfini

Jornalista, gaúcha, gremista, curiosa, teimosa, exagerada.

4 replies on “Tapetes coloridos e estampados: como escolher?

    1. Ooooi Vivis!
      Depende bem do teu gosto mesmo. Existem tapetes anti-alérgicos hoje, mas são bem mais caros. Os de pêlo alto dão a sensação de mais aconchego, mas são mais difíceis de limpar, podem acumular mais ácaros e não são recomendados para quem tem rinite, sinusite e outras doenças respiratórias. Se for a tua escolha, não esqueça que eles marcam, ou seja, nada de móveis em cima deles. 🙂

      1. É verdade, ainda mais para quem tem gatinhos 🙂
        Vou em busca de tapetes mais baixinhos e charmosos 🙂
        beijooos Giofa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s