Das minhas últimas paixões arrebatadoras, está o cacto. Essa família tem mais 1400 espécies na América Latina. Além de bonitos, os cactos são muito simples de cuidar por não precisarem de muita água. Ou seja, para aquelas mais desatentas, que costumam matar as plantinhas da casa de sede, pode ser uma ótima opção.

Acontece que estava querendo estreitar esse meu lance com o cacto. Já tinha feito uma almofada (que postei lá no Instagram do blog), mas pra mim ainda era pouco. Daí olhei para a parede do quarto e enxerguei um cantinho bem propício para recebê-lo. Não, eu não comprei a planta. Criei um adesivo bacana para eternizar esse amor todo na casa (ou, pelo menos, enquanto esse amor durar).

IMG_5049

Quer fazer igual? Você vai precisar de:

  • papel contact verde;
  • tesoura;
  • estilete;
  • lápis.

IMG_4930

É muito simples. Fiz o desenho do cacto no lado de baixo do contact. Como não sou uma desenhista nata, dei uma olhada em algumas ilustrações na internet pra dar aquela inspirada. Recortei o molde e usei o estilete para fazer os vazados.

IMG_5035

IMG_5038

IMG_5039

Aí é só ter cuidado para colar na parede, sempre passando a mão para evitar as bolhas. E voilà!
IMG_5040

IMG_5051

Posted by:Giovanna Delfini

Jornalista, gaúcha, gremista, curiosa, teimosa, exagerada.

One thought on “Um cacto pra chamar de meu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s