Como fazer: receita de molho vermelho light

Quando fui morar sozinha, confesso que passei uns bons tempos tentando me acertar na cozinha. Errei muita coisa. Mesmo. Já teve até miojo que não ficou bom. Sério. Talvez uma das coisas que eu mais tenha apanhado para acertar é o tal de molho vermelho. Às vezes ficava ácido, forte, salgado, outras sem sal, enfim.

Aí descobri um segredinho lá da casa dos meus pais: além do tomate, cebola e dos temperos, eles colocavam cenoura no molho (porque além de dar um toque especial no sabor, ela ainda ajuda a tirar a acidez do tomate). E como não bastasse, eles batiam o molho no liquidificador. Não que eles tivessem algo contra o molho com pedaços, mas realmente dessa forma fica muito diferente, além de de-li-ci-o-so.

“Tá, Giovanna. Já despertou a minha curiosidade, agora ensina como se faz?”
Siiiiiiiim. Bora lá!

Bom, separe os seguintes ingredientes:
FullSizeRender copy

Para uma porção de molho para duas pessoas, usei dois tomates, uma cebola e uma cenoura pequena.
Refogue a cebola e o alho, acrescente o tomate e a cenoura e deixe no fogo médio por uns 20 minutos, mexendo de vez em quando. Molho vermelho é aquela coisa: secou? Coloque um pouquinho de água.
FullSizeRender (1)

Quando ele estiver pronto, deve ficar dessa forma. A cenoura está praticamente cozida. Ponto importante: não tempere o molho agora. Isso deve ser feito só depois. Deixe esfriar um pouco, passe tudo para o liquidificador e bata até ficar um molho homogêneo e cremoso.

FullSizeRender (2)

Aí você para e pensa: fiz demais? Pode colocar em um pote bem vedado e congelar. Como ele não tem tempero, pode durar por bons meses no freezer. Assim, quando você quiser usá-lo em alguma outra receita, é só descongelar e temperar ao seu gosto.

Bom, voltando. Separe a porção que você vai usar agora e volte para a panela. Agora sim você tempera com sal, manjericão e o que mais quiser. Se estiver muito grosso, pode acrescentar mais água e deixe ferver. Quando estiver no ponto que você gosta, coloque a carne. No meu caso, usei carne moída para acompanhar uma massa integral.

Aí você me pergunta: por que esse molho é light?
Te respondo com outra pergunta: você leu aqui nesse post que coloquei molho de tomate pronto, extrato de tomate, shoyu ou algum outro ingrediente calórico, cheio de sódio ou rico em gordura trans?
Pois ééé! Ele é light e muito, mas muito saboroso!
Mas atenção: essa receita de molho vermelho só será light se você não pesar a mão nos temperos! Eu só uso um pouco de sal e manjericão e acho suficiente. 🙂

FullSizeRender (3)

FullSizeRender (4)

FullSizeRender (5)

Anúncios