Guia rápido de plantas para apartamentos

Seu apartamento bate bastante sol? Pouco? Você lembra sempre de regar as plantas ou só lá de vez em quando? Independente da sua resposta a essas perguntas, esse guia rapidex pode te ajudar a escolher as plantas do seu apê de acordo com a posição solar da sua casa e rotina. Aqui tenho oito opções: das que mais amam calor às mais sedentas. É um bom começo para quem precisa de uma ajuda inicial.

plantas1

Detalhando um pouco cada uma delas:

Strelitzia:

strelitzia-1347319-1279x852

Taí uma menina que ama sol e calor. Ela deve receber luz solar direta o máximo de tempo possível, sendo, no mínimo, quatro horas. Por isso, é mais indicada para jardins externos, varandas abertas ou sacadas. Além disso, a rega deve ser constante, exceto nos meses de frio, quando a terra deve permanecer seca por mais tempo.

Palmeira areca bambu:

312g
A areca bambu necessita de irrigação constante por causa do seu alto metabolismo, mais um motivo da importância da drenagem do solo, para que possa ser possível mantê-la bem irrigada, mas sem encharcamentos. É outra que adora luz solar.

Antúrio:

1471423960_b97f37bfd2_b
Sensível à temperatura e umidade, é ideal para locais fechados. Não deve pegar luz solar diretamente pois pode queimá-lo facilmente. Porém, é bom deixar o Antúrio em locais claros para incentivar o florescimento. Com ele, você deve manter o solo úmido sempre, mas cuidado para não encharcar. Regar uma vez a cada dois ou três dias – dependendo da temperatura externa – é suficiente. Caso você note que as folhas começaram a amarelar, saiba que é um sinal de alerta que ele dá quando bebe água demais.

Orquídea:

Orchid flower
Adora luminosidade, mas se torna sensível à luz solar direta. Por isso, se você tiver que escolher um local para ela, opte sempre por deixá-la perto de uma janela com cortina, por exemplo. Assim, a cortina “filtra a luz” solar, deixando só a parte boa para a flor. Em caso de dúvidas, observe as folhas: se estiverem amarelas, tem muita luz. Se estiverem escurecidas, é sinal que falta luz. A quantidade de água vai depender do clima. Como ela filtra a água do ar, em ambientes secos ela vai precisar de mais água que em períodos mais úmidos. O ideal é conferir a umidade do substrato ou da terra com o dedo mesmo.

Jade:

12517658_f520
Na rega, a Jade é bem independente. Precisa de água apenas quando a terra estiver bem seca. Só que ela gosta bastante de sol: precisa de luz de quatro a cinco horas por dia. A incidência de sol direto na planta por muito tempo deixa as folhas suculentas avermelhadas, quase marrons.

Espada de São Jorge:

snake-plant
A luz solar é necessária para as folhas ficarem verdinhas e saudáveis. Mas demais pode deixá-las amareladas e sem viço. O ideal é colocá-las em áreas com bastante luminosidade, mas que não peguem sol direto por muito tempo. A rega deve ser feita apenas quando o solo estiver seco, evitando molhar as folhas para não embolorarem.

Rosa-de-Pedra:

echeveria-x-imbricata-blue-rose-echeveria-hens-and-chicks2
Também conhecida como Echeveria, ela adora luminosidade, mas não é muito fã de água. O grande segredo dessa lindeza, principalmente se você mora em apartamento, é deixá-la sempre perto das janelas. Na hora de regá-las, cuidado para colocar pouquinha água mesmo, apenas o suficiente para molhar a terra.

Mini-cacto:

stockvault-cactus-halo141308
Precisam de luz solar direta para florescer. Por isso, podem colocá-los em janelas e em outros locais onde há bastante luminosidade. Eles resistem a longos períodos de seca, por isso, regar uma vez a cada quinze dias é o suficiente no inverno e uma vez por semana no verão.

Consegui ajudar? 🙂

Anúncios