Pra fazer bonito: ninho de batata

Morar sozinha é ter que se virar nos 30 dia sim, dia também. Inclusive na cozinha. Sim, eu sei que às vezes a preguiça é tão grande que parece que todos os supermercados da cidade (inclusive aquele que fica na esquina da sua casa) estão a mil quilômetros de distância. Quando isso acontece, geralmente temos…

Ler mais

No cantinho lá do Sul

Nesse fim de semana, saí da correria de São Paulo para visitar meus pais no interior do Rio Grande do Sul. A vida apressada de quem trabalha em agência de propaganda em uma cidade como Sampa merece uma pausa de vez em quando para uma recarga de bateria. E só tenho isso quando vou para…

Ler mais

Copinho de rum foi promovido!

Os anos passam, a gente vai guardando centenas de coisas nos armários e só percebe o que tem quando decidimos fazer uma boa limpa. Em uma das limpas que eu fiz aqui de casa, encontrei uma caixinha com um jogo de seis copos pequenos (aquele de tomar rum), feinhos, sem graça, sem nenhum uso, já…

Ler mais

Reinventando a pipoca

Eu amo pipoca. Muito. MUITO. Sou daquelas que gosta tanto desse milho estourado que não tenho a menor compostura e educação pra comer, nem sozinha, nem na frente dos outros. O dia que eu conseguir comer educadamente, uma a uma, eu estarei em um estado de espírito muito evoluído, tipo nirvana. Simplesmente não dá. No cinema,…

Ler mais

Iiiih queimou?

Quem nunca deixou alguma coisa queimar na panela que atire a primeira pedra. É bem aquela coisa: coloca a água no arroz, vai pra sala assistir à novela e esquece da vida, até aquele cheiro pavoroso chegar até onde você está. Dá raiva, eu sei, mais de ter que fazer tudo de novo do que…

Ler mais

Pode congelar?

Uma vista linda pra quem mora sozinho é a da geladeira cheia de coisas, não é? Dá até gosto de ver. A gente abre a porta de 10 em 10 minutos só pra conferir o que tem dentro, abre todas as embalagens e vai comendo o que dá tempo. Nisso, o tempo vai passando e…

Ler mais

Open house: como organizar?

Depois de desmontar caixas, organizar as coisas do jeitinho que a gente gosta, é hora de chamar os amigos para conhecer nosso canto novo. O Open House, graças a Deus, já deixou de ser aquele evento cheio de protocolo e etiquetado para se transformar em um encontro bem prático e descontraído, caprichado mas sem nenhuma…

Ler mais

Kombi: amor eterno

Fiquei sabendo só agora que a Kombi vai deixar de ser fabricada aqui no Brasil até o fim desse ano. Foi como se jogassem uma bomba no meu coração. Sério. Não que eu pretenda comprar uma, pelo contrário. Mas eu nutro um amor enorme por ela desde pequena. Não lembro bem quando, onde começou, nem…

Ler mais

Amaciar a carne? Mostarda nela!

O preço da carne não anda lá dos mais atrativos, isso é fato. Às vezes a gente até tem boa intenção de vencer a preguiça e preparar alguma coisa bacana na cozinha, mas acaba sendo vencida quando chega nos congeladores dos supermercados e vê que tem que gastar quase R$20 em alguns míseros pedaços de…

Ler mais

Tecidos: os amigos da decoração

Eu tenho uma confissão pra fazer (afinal, melhor falar agora já que o blog tá bem no início, né?). Pois bem, eu sou maluca por tecidos. É, pois é. Ainda mais depois que eu descobri que eles podem estar não apenas dentro dos nossos guarda-roupas, mas também em todas as partes da casa. Na mesa,…

Ler mais

Sobre a decisão de morar sozinha

Não importa a idade que se tenha, morar sozinho é uma decisão marcante na vida da gente. Para os pais, é aquela dorzinha apertada no peito, de quem vê os filhos alçando voo solo com direção a um mundo cheio de surpresas e novas responsabilidades. Pra gente, é engraçado. Digo engraçado porque no início parece que…

Ler mais